Profeta Jeremias

Bom dia queridos leitores, graça e paz do Senhor seja com todos vocês.

Ontem a noite na AIDB Morumbi iniciamos uma nova jornada Teológica. Desta vez vamos dedicar um bom tempo em estudar o livro do Profeta Jeremias.
Este livro é bem singular e de um valor muito elevado e eis algumas razões  que o torna assim: Jeremias era um profeta mais jovem; era solteiro e impedido pelo Senhor de se casar; foi o profeta que começou a profetizar pouco antes de Israel se tornar cativo, depois já no cativeiro profetizou sobre os mais 70 anos que passariam no cativeiro; sua personalidade e seu caráter são marcados em sua escrita que hora é em prosa, hora em poesia, carregada de grande lirismo.

Muitos estudiosos das escrituras rotularam este profeta de "o profeta chorão". Parecia haver muita tristeza neste profeta, porém não era para menos, uma vez que sua mensagem era de destruição, de julgamento e ele aconselhou, pelo Senhor, que o nação israelita se entregasse ao reino da Babilônia, e assim fossem preservados mais vidas, algo completamente ignorado e não aceito pelos judeus, que por conta desta palavra o considerou como traidor.
Por outro lado o profeta Jeremias era temido e respeitado por todos pois estava com ele o "Assim Diz o Senhor".
Há ainda na mensagem de Jeremias uma palavra de restauração e de renovo, apontando para quando o povo do Senhor fosse restaurado e voltassem a buscar o único Deus, existia uma palavra de esperança e também de Julgamento da parte de Deus contra as nações que fizeram os judeus cativos seus.
O profeta Jeremias profetizou pouco tempo depois de Isaías, profetizando ainda no tempo de Jeoaquim, Zedequias e Joaquim. Em seu tempo viu algumas reformas que agradaram a Deus, porém o pecado do povo já havia enchido os limites de Deus e o julgamento era inevitável e iminente. 
Por conta da mensagem que carregava tornou se um homem quase em amigos, solitário e talvez por estas razões contemplamos o lirismo presente em suas escritas. O fato é que foi um dos profetas, depois de Isaías, que profetizou por mais tempo, sendo voz de Deus para a nação santa e escolhida.

Muitos irmãos leigos não compreendem bem quando escutam a frase: Profetas maiores e Profetas menores. Julgam haver nesta frase uma hierarquia entre os profetas, o que não é correto. Não Profetão e Profetinha, todos são profetas de Deus e trazem consigo um recado de Deus para o povo e levam do povo para Deus. Esta divisão entre maiores e menores, é fruto da teologia, que fez esta designação principalmente para demarcar o tempo de duração do ministério dos profetas. Sendo que alguns, como o caso do profeta Jeremias e Isaías, profetizaram por um espaço de tempo mais longo, e outros trouxeram mensagens específicas e depois não mais se ouvia falar deles, assim que profetas maiores fala daqueles que passaram mais anos como sendo a voz oficial de Deus e profeta menores, que tiveram um ministério mais curto.
Por tudo isso que já expressei acima, posso lhes garantir que será uma jornada teológica muitíssimo agradável e proveitosa. Deixo aqui o convite para que todos venham participar conosco deste tempo de aprendizado. Todas as quinta feiras, as 20:00 na AIDB Morumbi.

Na Medida do possível irei postando aqui mais sobre o livro do Profeta Jeremias, que profetizou entre 628 a.c. a 598 a.c..
Vou ficando por aqui hoje, deixando um grande abraço a todos um muito obrigado por sempre visitar meu blog, o que é essencial para que eu continue blogando.

Em Cristo, 

Pr. Jefferson Souza

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Igreja Apostólica Unicista no Brasil

Havendo Feito Tudo Ficai Firmes

Aniversário de um grande Homem de Deus