A Igreja de Deus no Brasil

A Igreja de Deus no Brasil
Pça. Luiz Finott, 115, Sta. Mônica, Uberlândia MG

12 de jan de 2015

Pregação sem Proveito

Boa tarde queridos leitores, graça e Paz seja com cada um.
Ontem a noite tive a oportunidade de ministrar a palavra de Deus em nossa sede Regional Uberlândia MG e eis um pouco do esboço:

Hebreus 4:2 diz " POIS AS BOAS NOVAS FORAM PREGADAS TAMBÉM A NÓS, TANTO QUANTO A ELES, MAS A PREGAÇÃO QUE ELES OUVIRAM DE NADA LHES VALEU, POIS NÃO FOI ACOMPANHADA DE FÉ POR AQUELES QUE A OUVIRAM..."

Quando eu estava estudando novamente a Epístola aos Hebreus este versículo saltou aos meus olhos, logo pensei: " Aí está a resposta do porque muitos vão a igreja e enquanto alguns recebem as bençãos e a presença de Deus, outros voltam pra casa se sentir nada, ou as vezes voltam até pior."

Desde tempos remotos existe a pregação da palavra de Deus. Os profetas pregam a muitos milhares de anos, Noé pregou 120 anos uma mensagem verdadeira e salvadora, mas sua pregação não salvou a ninguém. Os profetas que profetizaram antes do cativeiro, o fizeram para alertar sobre o julgamento iminente, mas não surtiu efeito, e alguns casos Deus até tia alertado que seria assim.
Mas agora estamos no novo testamento lendo que a pregação Não surtiu efeito ou não teve proveito algum, e a razão é porque a Pregação Não foi acompanhada de FÉ por parte daqueles que ouviram.

Desta forma é nos dias de hoje. Não tem faltado pregação da verdade, não tem faltando anunciação. Aliás, nos dias atuais se tem pregação para todos os gostos, para todos os níveis intelectuais, com auxílio da tecnologia. Porém os resultados são cada vez menores, pois cada vez temos visto níveis menores de fé.

As pessoas vão a igreja, escutam a pregação da palavra, mas é como se estivessem ouvindo historinhas de ninar, conversa fiada, voltam para suas vidas sem nada acontecer.
Os poucos que ouvem com fé, tem suas vidas transformadas e experimentam um novo nível de comunhão e intimidade com Deus.
Em Izaías 53:1 começa dizendo: " QUEM DEU CRÉDITO A NOSSA PREGAÇÃO". Desde tempos remotos o homens tem dificuldade de CRER em Deus, crer na pregação, mas por outro lado o Senhor Jesus escolheu salvar o homem pela LOUCURA DA PREGAÇÃO.

Eu me sinto honrado e ao mesmo tempo com uma angustia no peito, em ser um pregador, honrado pois o Senhor me deu a maior OPORTUNIDADE e PRIVILEGIO do mundo que é o de ser PREGADOR, mas angustiado quando olho a minha volta e vejo que há tanto a fazer e não consigo ser o que gostaria nem de pregar como gostaria.
Não da para ver milhares de cidades que não conhecem a mensagem apostólica e ficar em paz, não dá para ver minha cidade com mais de 700 mil habitantes e não ter nenhum 1% de homens e mulheres batizados em nome de Jesus Cristo.
 Então de um lado sinto o chamado para pregar e anunciar e de outro lado vejo a falta de fé nos ouvintes. Isso tudo me traz um turbilhão de pensamentos, e sinto mais do que nunca, como eu preciso da graça e da Força do Espírito Santo, para ver vidas sendo salvas e libertas em Cristo Jesus.
Quanto a cada um de nós como ouvintes, precisamos orar e pedir FÉ para que em nós a pregação não seja sem Proveito ou sem Efeito.

Pense nisto.

Pr. Jefferson Souza

5 de jan de 2015

Ser ou Não Ser???

Bom dia queridos leitores, graça e paz seja com todos nós.
Aqui estou para postar meu primeiro texto de 2015. Se não tiver enganado minha primeira postagem foi em 2006.
Estou grato a Deus por me conceder mais este ano. Já estou tendo um intenso início, com algumas atividades na igreja, muitas expectativas e hoje já realizei o primeiro Culto Fúnebre do ano, e espero realizar pouquíssimos desta natureza ou ainda mais nenhum outro, embora não posso prever sobre isso.
Enfim, hoje é dia 5 e a vida se inicia novamente. Os departamentos públicos voltam do recesso, e a vida aos poucos vai voltando ao normal.
Este ano, graças a Deus, não temos que preocupar com eleições e nem com copa do mundo no Brasil, desta maneira não tem desculpa, vamos então trabalhar e dar o nosso melhor para Deus.
Nestes dias de festas e férias, vi muitas postagens nas redes Sociais, de alguns que se dizem apostólicos e confesso que fiquei muito irritado.
Parece que para alguns, ser APOSTÓLICO é apenas uma modinha, uma palavrinha legal e interessante.
Aliás vejo algumas igrejas que tem em sua nomenclatura esta palavra.
Mas ser APOSTÓLICO não tem ver com a estação do ano e nem com um movimento, mas sim em seguir a mensagem que os APÓSTOLOS pregaram e viveram, Ser APOSTÓLICO é estar comprometido com a mensagem pregada e ensinada pelos APÓSTOLOS vez que estes aprenderam diretamente de Cristo Jesus.
É incrível como me parece que os crentes tiram férias também da mensagem de Cristo. Pois se permitem em tempos de férias, abandonarem a Sã Doutrina, ir a lugares que não convém aos que Foram Selados com o Espírito Santo, enfim, viverem como se não conhecem ao Senhor, o que no fundo é a verdade.
Mas quando estou em Um Encontro Apostólico, ou Convenção ou Congresso de Jovens, gritam, dizem amém, se "Misturam"ao povo apostólico. Mas o fato é que NÃO SÃO APOSTÓLICOS por convicção e Revelação, e nas suas "férias" se mostram verdadeiramente. Revelam o que está em seu coração e em suas convicções.
Pois APOSTÓLICO não é uma modinha de verão, que tem a ver com quem eu estou ou ainda Onde estou. Ser APOSTÓLICO é apenas para os que foram selados com o Espírito Santo de Deus, que tiveram suas vidas verdadeiramente lavadas pelo Sangue de Cristo Jesus.
Quem não está disposto viver para Deus com inteireza de coração  não deveria se atrever a se dizer APOSTÓLICO, pois nossas vidas e testemunhos falam mais altos que nossas palavras e gritos.
Desejo que tenhamos uma Nação que realmente e genuinamente tenha Se Encontrado com o Senhor Jesus Cristo, e por seu sangue foram transformados e por isso fazem a diferença.
E isso é possível, quando corações se abrem para Jesus entrar e fazer morada.
Desta forma, minha pergunta hoje é: Você É ou não APOSTÓLICO?????

Uma ótima semana a todos.

Pr. Jefferson Souza