A Igreja de Deus no Brasil

A Igreja de Deus no Brasil
Pça. Luiz Finott, 115, Sta. Mônica, Uberlândia MG

28 de set de 2009

14 Desafio Jovem Metropolitano

Olá meus queridos, está chegando o Penúltimo DESAFIO JOVEM METROPOLITANO DO ANO.
É isso aí, Penúltimo D.J.M. do ano de 2009. Será no próximo dia 10/10 no Recanto Verde do Sol (terceira Divisão) apartir das 16 horas.

Você não vai querer perder, vaí?

14° Desafio Jovem Metropolitano
10/10
AIDB  Recanto Verde do Sol
(terceira Divisão)
São Paulo SP
16 Horas

O Campo da Batalha

Boa tarde amigos leitores.
Tenho pensado muito sobre "O Campo da Batalha."
Outro dia atrás estávamos estudando sobre o sitema (jurídico) Romano Germanico, que por sinal inspirou as normas jurídicas nacionais, e neste estudo inevitavelmente discorremos sobre o império Romano.
Somos sabedores que este império governou boa parte do mundo por longos anos e teve grandes nomes em seus governos e dentre eles facilmente nos lembramos de Cézar o Grande e também nos lembramos de Nero e tantos outros nos lembraríamos.
Mas conta a história que em um determinado momento Cézar estava com suas legiões a brigar com um general que era homem de guerra a sua altura e os dois estavam posicionado no Campo da Batalha e um estudando o outro. O inimigo de Cézar tinha alguma vantagem sobre ele pois seus homens estavam melhor alimentados e mais fortes e lutavam em um lugar onde dominavam, porém Cézar estava com seus homens sem muitas condições de saúde, mas tinha deles a confinça e a lealdade. Eles sabiam que seu general era homem de combate, acostumado a vitórias e a conquistas e apesar de tudo dariam seu melhor naquela batalha que definiria o sucesso absoluto de Cézar. O inimigo de Cézar mesmo tendo quase o dobro de homens que Cézar, tinha um grande problema que era a impaciência de seus líderes políticos que achavam que a guerra seria determinada apenas pela quantidade de soldados e não pensavam que deveriam levar em conta uma habilidade para pensar na estratégia, não levavam em consideração e nem mesmo ponderavam que estavam lutando com o maior conquistador de todos os tempos, embora este estava com um número menor de homens, ele contava com a sabedoria, com a paciência e logística, assim que estes líderes precionaram seu general a ir com tudo para cima do inimigo. E assim ele fizeram. Ao invés de Cézar ir de encontro deles, esperou que eles fizessem o primeiro movimento para assim determinar como seria sua reação. Assim que os inimigos fizeram seu primeiro movimento no campo da batalha eles deram o que Cézar precisava para vencer, eles deram suas estratégias e Cézar como sábio general pode reverter a desvantagem numérica utilizando da sabedoria e estratégia correta e naquela batalha ele se tornava o maior imperador de todos os tempos.
Nossa vida espiritual esta em volta ao Campo da Batalha. De um lado tempos os que lutam pelo reino do céu e de outro lado o inimigo que estuda nos atacar. De um lado um exército não muito numeroso, de outro um exército incotável como muito bem observou o rei Jeosafá em IICr.20:12 quando ele disse que tinha um grande exército contra ele e ele não o conseguia humanamente vence-lo, mas que ele Colocava seu olhos no Senhor, em outras palavras ele confiava no senhor em detrimento de suas forças. Naquele dia o Senhor "comprou" a briga e venceu pelo povo de Isrrael.
Nestes ultimos dias tenho me sentido no campo da batalha, muitas vezes exausto pelo sol do meio dia, em outros momentos observando o moviemento do inimigo. As vezes olho a minha volta e encontro corajosos soldados e em outros momentos vejo soldados desertores que passam para o campo do inimigo.
Algumas vezes fico me perguntando se tenho lutado com estratégias erradas, se estou conseguindo motivar "minhas tropas" mas tudo que consigo dizer é o que disse o reio Jeosafá: Senhor meus olhos estão colocado em tí. Sinto muito que muitos estão no campo da batalha sem ainda terem defino suas posições, lamento ver que alguns outro dia estava ao meu lado no campo da batalha mas agora os "Sambalate's" e os "Tobias" os tem convencidos que os muros (de nossa vida espiritual) não irão chegar a sua conclusão e estes que mudam de lado na batalha depois não poderão mais desfrutar da bênção de ver sua cidade (vida espiritual) fortificada e guardada com a conclusão da obra dos muros, que para estes parecia tão dificil de ser feita, mas para os que não deram ouvidos ao inimigo e apenas trabalharam, foram rápidos 52 dias para a vitória.
Agora algo que não se pode negar é que estamos em um Campo de Batalha e temos de definir de que lado estamos a batalhar, aos que persitirem em lutar do lado "Apostólico" da batalha temos a garantia de que: "Maior é o que está em Nós do que aquele que no mundo está".
Que o Senhor nos guarde em seu imenso amor.

Pr. Jefferson Souza

24 de set de 2009

IX Encontro Apostólico de Fogo e Santidade

Olá meus queridos leitores, boa tarde, a Paz do Senhor Jesus.

Com um certo atraso gostaria de comentar um pouco sobre o IX Encontro Apostólico de Fogo e Santidade que foi realizado no ultimo dia 11 em Araçariguama SP.
O Encontro Apostólico de Fogo e Santidade foi uma visão que o Senhor deu ao nosso bispo, Adán Alvear no ano de 2001 quando foi realizado o primeiro na cidade de Curitba. Naquele ano não iríamos pois não estavamos preparados financeiramente, porém de ultima hora, já na sexta feira perto do horário de almoço, meu pai, Pr. Baltazar de Souza, decidiu que iríamos e então abastecemos o carro e viajamos durante toda a noite e pela manhã chegamos a Curitiba PR e daí em diante minha vida nunca mais seria a mesma, assim como meu minístério e Chamado.
Este encontro foi um refrigério e um marco na AIDB e de lá em diante milagres e acontecimentos maravilhosos e especiais tem acompanhado nosso ministério. Louvo a Deus por nosso bispo que foi sensível a voz do Senhor.
De maneira que agora ao completar 8 anos, neste nono encontro Apostólico o Senhor Jesus nos presentiou com um evento genuinamente Apostólico e de muita qualidade. Meu único sentimento foi ter perdido o culto de abertura onde meu amigo e vice presidente da AIDB, pastor Nacarate foi o preletor.
Louvo (ou louvamos) ao nosso Deus pela vida do Rv. Jonathan Alvear que tem amado e investido sua vida a favor da Obra apostólica ao redor do mundo e em especial no Brasil. Ele trouxe para nos duas mensagens que jamais sairão do meu coração. Uma delas eu já havia escutado em Inglês mas foi especial ouvi-la em português ( em sempre tem algo novo a cada mensagem que pregamos). Com o tema: "O Jesus que Judas nunca Conheceu", foi uma palavra tremenda e que trata com a realidade vivida pelo evangelho no Brasil. Muitos ao não serem pacientes para espararem do Senhor se apressam em sair da presença dele e perdem a grande oportunidade de Conhecer ao Senhor de fato e terem suas vidas transformada. As vezes é só mais um pouquinho e alcançariamos a virutude, a graça, o conhecimento. Vale a pena permanecer na presença do Senhor e ouvir o que ele tem a nos dizer. Bom a mensagem que o Rv. Jonathan Trouxe a noite foi especial e uma mensagem de renovo e fortalecimento.
Também ministraram:  o nosso bispo presidente, Adán Alvear, o nosso secretário Nacional, Pr. Gerson Alvear e o Rv. Moisés da Iglesia Apostolica Unicista de Chile.
O impressionante é ver o mover e guiar do Espírito Santo na igreja. Cada mensagem parecia completar a outra e dar um sentido mais amplo para o viver diário.
Assim que agradeço ao Senhor por mais um ano eu ainda posso estar de pé e ouvindo as palavras do Senhor para minha vida.
Parabenizo e agradeço ao nosso Bispo por se esforçar fazer estes encontros se tornarem realidade.
Um grande abraço a todos que se fizeram presentes e que possamos estar firmes até o próximo encontro.

Em Cristo Jesus,

Pr. Jefferson Souza

Meu tributo a Missionária, Irmã Wanda Louise Lambeth

Bom dia meus queridos leitores.
Após uma pausa de semanas agitadas, nos, povo apostólico, sentimos muito a notícia do Até breve da Missionária Irmã Louise Lambeth que partiu para o Senhor no último domingo em Campinas.
Esta mulher de Deus é parte especial da história da mensagem apostólica no Brasil junto com seu esposo, o saudouso Bispo J.B. Lambeth.
Homens e mulheres como estes precisam ser lembrado sempre.A pouco mais de 60 anos era quase inexistente homens de Deus comprometido com o evangelho de Cristo na sua integra como o foram os apóstolos e o Senhor fez chegar ao Brasil homens como estes que citei e também o saudoso e mui querido Missionário Juan B. Alvear que em seu túmulo leva a inscrição: " Um apostólo para o Brasil". Este veio junto com sua esposa, a querida missionária Doroth Alvear.
Estes homens foram considerado Apóstolos por suas obras em prol do reino de Cristo e em prol da mensagem Apostólica.
Existem líderes e líderes, alguns se destacam e outros não. Uns pelos méritos corretos e ainda outros por falta de méritos.
Eu tive o prazer, mesmo que pareça estranho, de ser parte do culto Memorial realizado na sede regional da IAB em Campinas e muito me alegrei em ver uma guerreira agora descansando de suas obras e esperando o arrebatamento da igreja. Foi um culto muito especial, cheio de emoções, lágrimas, gritos e louvores ungidos. A igreja estava muito bonita e bem ornada, os irmãos com um semblante que mesclava tristeza da separação e celebração da vitória de alguem que lutou e foi fiel até o fim.
Naquele momento me lembrei de Romanos capítulo 16 onde o apóstolo Paulo dava suas saudações e em meio a um nome e outro ele diz: " SAUDAI A ANDRÔNICO E A JUNIA, MEUS PARENTES E MEUS COMPANHEIROS NA PRISÃO, OS QUAIS SE DISTINGUIRAM ENTRE OS APÓSTOLOS E QUE FORAM ANTES DE MIM EM CRISTO." Rm.16:7.
Notem que não há relato de nenhuma apóstola na bíblia, embora Apóstolo signifique enviado e poderiamos aqui discorrer sobre suas atribuições e prerrogativas mas não vem ao caso. O fato é que este mulher Júnia se destacou tanto que recebeu de Paulo saudações como de Apóstolo (a). Mesmo não sendo uma, ela se distinguiu tal como, agiu e viveu tal como uma.
Eu me lembrei da Missionária Louise Lambeth como uma destas destacáveis que mereceu este elogio. Seu esposo, bispo J.B. Lambeth tem sido reconhecido como um apóstolo para o Brasil também e não é nenhuma arrogancia dar este reconhecimento a esta mulher que no Brasil abriu igrejas, ganhou vidas para Cristo, evangelizou e ensinou a muitos não apenas sobre Dons Espirituais como também o caminho do Céu.
Por tudo isso deixo meu tributo e ao mesmo tempo meu desejo que toda a familia IAB sejam fortalecidos no Senhor e ficamos todos firmes pois aguardamos novos céus e nova terra onde todos nos reuniremos em um verdadeiro Culto Apostólico.
Em Cristo Jesus,

Pr. Jefferson Souza

5 de set de 2009

Prontos a Ouvir tudo o que o Senhor tem para nós

Boa tarde querido leitor.
Como os dias se vão rápidos não?
Apesar de estar próximo meu aniversário de 2 meses de casado, ja me parece ter passado anos de meu casamento. É, as vezes é intrigante lidar com o tempo e este é o responsável de eu não ter escrito nesta última semana.
Nestes dias tenho pensado e meditado bastante em uma passagem no livro de Atos dos Apóstolos, mais precisamente nos capítulos 10 e 11 que nos relata a conversão de um Centurião chamado Cornélio.
Eu fico sempre pensativo quando vejo que todos os que estavam na casa deo Conrnélio foram cheios do Espírito Santo antes mesmo de saber quem era o Espírito Santo, antes que a mensagem houvesse terminado de ser ministrada. Sim todos aqueles irmãos foram cheios do Espírito de Deus e tiveram o sinal de falar em outras línguas conforme nos relata a palavra de Deus. Quando o apóstolo Pedro pregava, ele falava de Cristo, de este ter vindo e se manifestado em Carne, de ser ele a imagem do Deus invisível e de ser o messias que haveria de vir. Não estava ministrando sobre as sete chave da prosperidade e muito menos osbre quebra de maldições. Eles pregavam Cristo e os da casa deste Centurião creram neste cristo e por consequência foram batizados com o Espírito Santo.
Eu tentei encontrar alguma coisa que pudesse dar sentido este mover espontâneo do poder de Deus e vi no capítulo 10 algo que me chamou atenção: Ao chegar na casa de Cornélio Pedro ouviu o seguinte de Cornélio: ..."E agora estamos todos aqui, para ouvir tudo o que Deus lhe enviou a falar....".
Cornélio e os seus não estavam ali escolhendo o que ouvir, não estavao selecionando mensagens mas queriam ouvir TUDO o que o Senhor tinha reservado para eles.
Muitas vezes as pessoas povoam nossas igrejas mas não para ouvirem TUDO o que o Senhor tem para elas, mas apenas o que lhes bem interessam e lhe satisfazem. 
Porém quando nos achegamos ao Senhor afim de OUVIRMOS TUDO o que ele tem para nós, certamente mudanças circunstânciais ocorrem em nossas vidas.
Da próxima vez que formos ter com o nosso Deus estejamos dispostos a ouvirmos exatamente TUDO QUE ELE TEM A NOS DIZER.
Em Cristo Jesus,
Pr. Jefferson Souza