Perguntas Frequentes dos jovens - I

Boa noite meus queridos leitores, a Paz do Senhor Jesus.
Estou desde domingo sem postar nada e tem sido uma grande correria. Estamos preparando o quartinho do meu primeiro filho que chega neste mês de Dezembro e isso tem me ocupado um grande e agradável tempo.
Agradeço a minha esposa a paciência comigo pois de natureza eu sou meio "tranquilo" e ela já mais "acelerada", agradeço ao meu amigo e irmão Gilsinho que nestes últimos três dias veio trabalhar aqui no nosso apartamento na parte da noite ficando até de madrugada para terminarmos e nesta madrugada conseguimos terminar de colocar os papeis de parede do quartinho e ficou muito bonito graças a Deus.
Hoje estava meditando sobre algumas perguntas que os jovens sempre escrevem quando vou as igrejas e olhando estas perguntas pensei que poderia ser uma boa idéia publicar estas perguntas, que penso ser frequentes no meio dos nossos jovens nas suas mais diversas localidades e assim pretendo publicar cada uma destas perguntas e ajudar os jovens que são leitores deste blog. Não tenho os nomes das pessoas que perguntaram e isso ajuda a não constranger nenhuma pessoa.
Vamos lá então a primeira pergunta:
1- Por que a pressão é mais Forte nos Jovens?
Quando olho para esta pergunta fico pensando nas centenas de jovens que estão sendo tentados e provados ao redor do mundo. Homens e mulheres, tentados na escola, na faculdade, no trabalho, na família e etc.
Bom, uma das razões que a pressão é maior sobre os jovens é que sendo mais novo as pressões se tornam imensas pelo fato que ainda não temos muita experiência para resolver conflitos que no momento são enormes e parece que o mundo inteiro está contra nós. Estamos em fase de aprender a lidar com as situações diversas da vida, nossa visão é ainda um pouco limitada e isso toma uma dimensão ainda maior para nós. O segundo ponto é que quando somos ainda jovens, estamos formando boa parte de nossos conceitos e se o inimigo de nossa alma consegue nos atacar neste momento podemos cair antes de termos uma firme convicção sobre Cristo e sobre o que é o melhor para a vida. A decisões que tomamos na mocidade tais como: Casamento, profissão, ministério... que se tomadas erradas sofreremos por toda a vida. Assim que na mocidade travamos uma batalha muito grande pois nosso futuro está em jogo, e por isso é muito importante enfrentarmos esta batalha com muita seriedade e nunca olharmos só o agora, mas buscarmos enchergar ao longe e determinar com Cristo nossa vitória agora e teremos um futuro certo e abençoado com Cristo.
2- De que forma podemos tentar trazer um namorado (a) do mundo para a igreja? Mesmo ele falando que não gosta de Igreja e ele sendo desviado?
Aqui temos algo que já deveríamos saber a muito. Quando alguém está servindo a Deus e busca uma namorada ou um namorado no mundo tem algo errado. Se eu estou servindo ao Senhor Jesus genuinamente eu preciso crer que ele tem para mim a pessoa certa para ser para sempre. Quando se esta servindo ao Senhor Jesus ele mesmo prepara o casamento para o jovem. Quando o jovem tenta por si só conseguir companheiro ou companheira ele sempre se dá mal, no termino do relacionamento sai machucado e vive frustrações desnecessárias. Por outro lado a palavra de Deus nos diz que não é possível duas pessoas andarem juntas se não estiverem de acordo. As trevas não combinam com a Luz. De 100% dos casos de jovens cristãos que arrumaram namoro fora da casa de Deus 90% se deram mal. Ninguém muda ninguém só o Espírito Santo pode mudar o género Humano. Assim que se você esta gostando de alguém fora da casa de Deus é melhor orar e esperar o agir de Deus antes de se envolver, caso contrário tem tudo para dar errado. É um equívoco o jovem pensar que na casa de Deus não tem pessoa para ele ou ela, penso que isso é uma palavra do inimigo, mas quando o jovem começa a interagir dentro da igreja, participar dos encontros e congressos irá descobrir que no nosso meio existem moças e rapazes especiais e que servem ao Senhor verdadeiramente e estão prontos para constituírem família. Agora não se pode ficar isolado em sua congregação é preciso ir a Luta, é preciso estar na comunhão e o demais deixa com o Senhor Jesus. Tenho sido testemunha de muitos casamentos felizes de jovens que se conheceram em nossos congressos e convenções e que formaram famílias prosperas e abençoadas. Minha irmã Miriam é um destes exemplos, aqui em Uberlândia tem as duas filhas do Pb. José Antônio da cidade de Leme que conheceram seus esposos em encontros da igreja e por aí vai, e devemos seguir a matemática estatística: 90% dos que namoram com pessoas não cristãs se dão mal e 100% dos que namoram dentro da casa de Deus e debaixo da vontade de Deus se dão bem.
No próximo artigo publico mais perguntas. Espero ajudar alguém com estas palavras.
Um grande abraço e uma ótima noite para todos.
Pr. Jefferson Souza

Comentários

Anônimo disse…
Quanto aos missionários não- unicistas, vc acredita que eles são de alguma forma uma ferramenta de Deus para a propagação do evangelho, ou só os missionários unicistas alcançarão o mundo?
Anônimo disse…
TA legal sabemos que é errado namoro fora da igreja. Concordo.
Agora pensando por um lado, ja namoro ja to envolvida, pesso a Deus todos os dias que traga o pra igreja. To em busca constante para que meu namorado conheça a Deus, e nao venha por mim e si por Amor a Deus ...Tenho em pensamento não desistir dele, mas se no decorrer do tempo ele for liberto não me caso com ele, a pergunta é EU POR CONHECER A PALAVRA DE DEUS SABENDO QUE EM 100% DOS CASOS 90% SE DAO MAU, EU ESTOU ERRADA EM AGIR DESTA FORMA?????? POIS O PODER DA HORAÇÃO MOVE MONTANHAS, NÃO???


Se der um tempo me responda.

Postagens mais visitadas deste blog

Igreja Apostólica Unicista no Brasil

Havendo Feito Tudo Ficai Firmes

Pardal ou Águia?