18 de mar de 2010

Fatos tristes

Boa tarde meus queridos.
Como estudante de direito tenho acompanhado mais de perto o desenrolar de alguns processos que me chamam a atenção como o caso Arruda e o assassinato do Cartunista e seu filho.
No caso do primeiro eu havia falado nos dias de sua prisão que este clamor público por respostas atrapalhavam a segurança jurídica e esta pressa de fazer "justiça" acabaria por beneficiar o acusado no final do processo. Concordo que as provas são vastas para nos levar a crer em uma punição para este homem público que em sua má administração trouxe grandes prejuízos a moral, a ética e aos cofres públicos, porém o processo de leva-lo a uma justiça deveria ter sido pautado pela cautela e segurança jurídica e agora estamos vendo uma verdadeira lambança jurídica, sustentada por uma mídia que anda ao lado do clamor público (diga se de passagem nem sempre o clamor público esta pautado em um real conhecimento dos fatos) ora por suas intenções obscuras, mas o fato é que o os brasileiros acabaram de ver mais um acusado se safando. Quando o TRE do DF resolveu cassar o mandato do Governador Arruda, este foi beneficiado, pois se não há mandato também não não há que se falar em IMPETCHMAM e se não há IMPETCHMAM este camarada este plenamente livre para ocupar qualquer cargo político ou público. Assim o que se pensa ter feito justiça, na verdade fez um benefício, de maneira que eu preferia que este caso não fosse julgado pela mídia e muito menos pelo clamor popular, mas julgado pautado na Justiça, cumprindo se a Constituição livremente de "lados", mas esta aí o resultado de PRESSAS por parte da sociedade...
No segundo caso poucou há de se falar que o assino "Cadu", até então acusado e que teria confessado o crime que resultou na morde de Glauco e Raoni Villas Boas na grande São Paulo, um jovem dependente de drogas e que procurou a igreja Céu de Maria, adpetos do chá alucinógino denominado Sto. Daime afim de se reabilitar. Porém sua família agora alega que o uso deste chá e a aproximação do jovem com a referida igreja o fez piorar no seu estado emocional e de saúde.
A mesma imprensa que sempre desce a "lenha" em qualquer assunto que diz respeito ao povo Cristão Evangélico certamente não faz na mesma proporção quando sai um assunto destes. Mas o fato que me chamou a atenção foi que o "Cadu" ao depor para o delegado Archimedes de SP ele disse que o Glauco dizia nas seções da igreja que ele era a encarnação disso e o filho do cartunista seria a encarnação de Davi então que o Cartunista deveria ir com ele até a sua casa para convencer a sua mãe que ele ( Cadu) era a encarnação do Cristo. Claro que não dá para acreditar em alguém, que está fora de sua completa sanidade, mas o que esta em pauta aqui é o fato de esta igreja e seu líder pregar algo completamente fora da palavra de Deus, de levar seus fiéis a crer no que não existe e não é possível. Certamente que se Cadu tivesse tido um encontro com Jesus o Cristo, ele não precisaria de Chá algum, pois o o Evangelho é o Poder de Deus para salvação de todo aquele que crê Romanos 1:16.
Pois é, mas é assim que tem caminhado a humanidade, preferem a mentira a verdade libertadora da palavra de Deus, e assim sofremos as consequências...
Que o Senhor Jesus nos de graça para não nos intimidar diante destas situações e nós como igreja não nos furtamos do compromisso de anunciar a Cristo não por meras palavras vazias, mas com o testemunho do Espírito Santo em nossa vida.
Em Cristo Jesus,

Pr. Jefferson Souza

Nenhum comentário:

Boa noite. Buenas Noche!

Olá amigos internautas que seguem ou visitam meu blog. Tenho passado um longo tempo sem postar nada mas quero reativar minha rotina...