Quanto Custa?

Boa tarde queridos leitores (a), a Paz do Senhor Jesus.
Estamos perto do XII ENCONTRO APOSTÓLICO DE FOGO E SANTIDADE e estou bem animado e na expectativa do que o Senhor Jesus tem reservado para nós nestes dias 14, 15 e 16 próximos.
Falei com o bispo Adán esta semana e ele me dise que temos um já um excelente número de inscrições. Então vamos nos preparar para estes dias, aos que ainda não se decidiram, você realmente irá perder muito em não ir.
Eu tenho tido dois dias muito bons, sem o estresse dos últimos dias e também com a saúde melhor e assim tenho conseguido realizar algumas coisas e entre elas poder postar no blog.
Hoje quero eu poucas palavras compartilhar de um pensamento que sempre tenho tido:
 
QUANTO CUSTA REALIZAR ALGO IMPORTANTE/GRANDE?
 
Eu tenho passado estudando em faculdades meus últimos 11 anos, esforçando para aprender e melhorar meus conhecimentos. Outro sim pretendo com isso estar mais preparado para a vida e os desafios de um mundo pós moderno.
Sim, sim, no meio de tudo isso pensei inúmeras vezes parar e desistir, abandonar os cursos. Aliás abandonar era algo bem comum para mim.
Alguns anos atrás eu sempre começava algo empolgado e depois parava no meio do caminho. Foi assim com a musicalização, com o curso de piano, de flauta, de violão, de bateria, de computação, de francês, de espanhol, de inglês... É já comecei muita coisa e não terminei, até um dia que em uma reunião escutei um amigo ministrando um sermão no primeiro capítulo de Gênesis onde ele disse: "Depois de ter feito todas as coisas nos seis dias o Senhor Descansou e e viu que tudo que havia feiro tinha ficado muito bom. Então se você ainda não terminou algo que começou e não podes dizer que ficou muito bom, não é hora de parar para descansar, termine primeiro e possa dizer que ficou muito bom, só assim poderás partir para a próxima obra."
Neste dia tomei ciência que estava na direção errada, e a partir de então tenho tentado não deixar nada pelas metades. Depois deste tempo sempre termino um projeto que começo, tenho como meta ir até o fim e ver que ficou bom.
Tenho aprendido neste tempo que projetos bons, grandes e importantes demandam basicamente de:
 
  1. PREPARAÇÃO
  2. ESFORÇO
  3. DETERMINAÇÃO
  4. PACIÊNCIA
  5. INVESTIMENTO
  6. HUMILDADE
  7. CORAGEM
  8. ÂNIMO APESAR DOS VENTOS CONTRÁRIOS
  9. ABRIR MÃO DE ALGO MENOR EM PROL DO PROJETO MAIOR
Claro que tem mais coisas, mas estas acima são primordiais. Um  médico, por exemplo, passa cinco anos na faculdade, depois mais um, depois mais 2 anos fazendo residência e só depois pode se dizer um médico.
No direito, cursamos 5 anos de faculdade (por ano se formam 800.000 bacharéis em direito no Brasil), e depois precisamos prestar o exame da ordem para se tornar um Advogado. No último exame de ordem, a OAB divulgou que apenas 12% dos canditados foram aprovados, ou seja, houveram 88% reprovados. Então é preciso lutar, o preço é caro.
Na fé temos muitos exemplos de lutas, perseverança e determinação.
Mas o que me deixa incrédulo muitas vezes é saber como algumas pessoas querem fazer algo grande porém não querem pagar preço algum para isso. Não combina projeto grande com NENHUM ESFORÇO, não combina sucesso com preguiça, sucesso sem trabalho.
Se você plantar um pé de feijão em um prato raso, com algodão úmido, em poucos dias terás um pé de feijão, porém em breve ele irá morrer, pois não reune condições de prosperar. Mas se você plantar uma castanheira diretamente em terra boa, irá demorar 8 anos até que se tenha os primeiros frutos, no entanto você e mais duas gerações irão passar e a castanheira permanecerá viva.
Depende do preço que queremos pagar para saber se estaremos plantando pé de feijão no prato ou se estamos investindo em uma castanheira.
Quanto Custa?
 
Um grande abraço e uma ótima tarde.

Pr. Jefferson Souza

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Igreja Apostólica Unicista no Brasil

Havendo Feito Tudo Ficai Firmes

Aniversário de um grande Homem de Deus